Saiba como funcionam as vistorias nas fazendas certificadas pelo SISBOV

Você já sabe como funcionam as vistorias nas fazendas certificadas pelo
SISBOV?
De acordo com a cartilha, toda a boiada dos estabelecimentos rurais aprovados
no SISBOV têm de ser identificados individualmente e cadastrados na Base
Nacional de Dados (BND).
A certificadora contratada faz vistorias com intervalos máximos de 180 dias nos
estabelecimentos de criação, e de 60 dias nos confinamentos aprovados.
A não realização da vistoria implica na perda do certificado de Estabelecimento
Rural Aprovado no SISBOV e na desclassificação dos animais (a menos que
seja realizada uma nova vistoria no prazo máximo de 30 dias da data limite).
Ao receber os elementos e a planilha de identificação, o produtor deve realizar
a identificação individual da boiada e encaminhar a planilha preenchida para a
certificadora.
Após realizada essa etapa, a certificadora deve ser informada para que a
vistoria seja realizada. O supervisor da certificadora fará a vistoria a campo,
verificando a identificação dos animais e preenchendo e assinando o laudo de
vistoria do estabelecimento rural.
Em posse do laudo, a certificadora atualizará a BND.
É com muito orgulho e comprometimento que o Serviço Brasileiro de
Identificações é atualmente a maior empresa desse mercado!
Para saber mais a respeito do mercado agropecuário, acompanhe-nos pelo
Facebook e através do Instagram.